Saiba Tudo Sobre Cirurgia Ortognática

Compartilhe esse conteúdo
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A Cirurgia Ortognática é o procedimento cirúrgico Bucomaxilofacial indicado para a correção das deformidades dentofaciais, maxila e mandíbula, em pacientes que já terminaram a fase de crescimento facial. Tendo como objetivo principal a correção funcional do aparelho estomatognático, respiratório, oclusão, mastigação, sono e articular (ATM). Tendo como consequência uma alteração funcional e estética devolvendo a harmonia facial do paciente melhorando sua auto estima e qualidade de vida.

Quais são os principais objetivos da Cirurgia Ortognática?

  • Oclusão – posicionar os maxilares para que se tenha uma mordida adequada;
  • Respiração – a via aérea deve ficar ampla para o paciente respirar bem e, caso haja, a apnéia do sono deve ser corrigida;
  • ATM – as articulações devem ficar bem posicionadas para evitar dor e cefaléia;
  • Face – os maxilares devem ficar em uma posição que produza uma face harmônica o que é considerada esteticamente bela;
  • Saúde Periodontal – a posição dos dentes devem ser as mais naturais possíveis para que não haja retrações de gengiva e outras doenças periodontais.

Qual é a indicação da Cirurgia Ortognática?

É indicada para pacientes com alterações de crescimento ósseo dos maxilares, que causam deformidade na face e alterações na mordida. Essa deformidade pode ou não provocar dores musculares ou articulares.

Para quem está indicada a Cirurgia Ortognática?

As principais indicações são:

  • Prognatismo – mandíbula grande e/ou maxila pequena;
  • Retrognatismo – mandíbula pequena;
  • Assimetrias – maxilares tortos/assimétricos;
  • Atresia de maxila – mordida cruzada posterior; maxila estreita;
  • Disfunção da ATM;
  • Ronco e Apnéia Obstrutiva do Sono.

Como é realizada a cirurgia?

A cirurgia é realizada através de cortes por dentro da boca que dão acesso aos ossos da face e maxilares. Em seguida, com uma micro-serra são realizadas osteotomias (cortes) nos ossos para que eles possam ser mobilizados e posicionados adequadamente. Através de medidas realizadas previamente, os ossos são colocados na posição adequada e, por fim, fixados com placas e parafusos de titânio biocompatíveis que não provocam qualquer tipo de alergias ou rejeição.

É preciso colocar aparelho ortodôntico para realizar a Cirurgia Ortognática?

A Cirurgia Ortognática está indicada para os pacientes em que apenas o tratamento com aparelhos ortodônticos não é suficiente para se ter um resultado satisfatório. Isso não quer dizer que a cirurgia resolve todos os problemas sozinha.
Trata-se de um tratamento que não se resume apenas ao ato cirúrgico e sim a um trabalho em conjunto entre o cirurgião, o ortodontista e outros profissionais da área de saúde, como fonoaudiólogo, psicólogo, nutricionista, entre outros.

Existe um período prévio de preparação de 18 a 24 meses, onde está incluído o tratamento com aparelho ortodôntico, fonoterapia e psicoterapia. Realizada a cirurgia, há um período de finalização em que é realizado o tratamento ortodôntico por mais 8 a 12, dependendo de cada caso.

É necessário ficar com a boca “amarrada” depois da cirurgia?

Com os avanços tecnológicos, a grande maioria dos pacientes não fica com a boca amarrada. As mini-placas permitem uma fixação rígida dos ossos, o que dispensa o bloqueio maxilo-mandibular no pós-operatório, a famosa e temida “boca amarrada”.

Quais são os benefícios da Cirurgia Ortognática?

A cirurgia está sempre voltada para questões funcionais: quando os pacientes sentem dores, não conseguem morder direito, respiram pela boca etc. Porém, muitos pacientes têm dificuldade de se relacionar por se sentirem diferentes dos amigos. Aí, entra a questão estética.

A cirurgia pode ser feita apenas pelo fator estético?

Sim. Por exemplo: uma paciente me procurou por ser muito retraída. Após a cirurgia, com a face harmônica, ela começou a sorrir. Sem dúvida, a estética é funcional, ao menos no nível do comportamento.

Como é a recuperação da Cirurgia Ortognática?

Não é um procedimento que causa dores no pós-operatório. O inchaço é o maior desconforto. O paciente deve ficar em repouso e nos primeiros 20 dias ingerir apenas líquidos e alimentos pastosos. Ele volta a mastigar normalmente depois de aproximadamente 50 dias.

Quais são as fases do tratamento da Cirurgia Ortognática?

As fases do tratamento são 3, sendo todas elas muito importantes pra o sucesso do tratamento.

1ª Fase – Preparo Cirúrgico:

Nesta fase serão realizados todos os tratamento necessários para que a cirurgia seja bem sucedida. O principal é o uso de aparelho ortodôntico fixo para alinhar os dentes e colocá-los na posição adequada para cirurgia. Pode também ser necessário o tratamento de cáries, a extração de dentes, fonoterapia e psicoterapia.

2ª Fase – Cirurgia:

A segunda fase é a cirurgia propriamente dita. São necessários exames pré-operatórios, consulta com o anestesista e novos exames radiográficos.

3ª Etapa – Pós-Operatório e Finalização Ortodôntica:

A terceira fase consiste no “acabamento”. São realizadas pequenas correções como finalização ortodôntica, restaurações nos dentes e, eventualmente, alguma cirurgia para alcançar o resultado final esperado.

Quais são os possíveis riscos e complicações?

Equimoses (manchas roxas na pele), edema (inchaço), pequenos hematomas podem ocorrer e normalmente resolvem em 15 dias.
Dormência nos lábios, na região abaixo dos olhos e no queixo inferior é comum, podendo durar semanas, meses ou até anos. Em média a dormência desaparece entre 6 e 12 meses. Má-oclusão é a complicação mais temida, porém, felizmente é bastante rara.

Quais são os cuidados no pós-operatório?

O paciente permanece 12 a 24 horas em observação hospitalar. Por ser uma cirurgia de médio porte, o paciente pode se sentir mais cansado e enfraquecido na primeira semana, porém com 15 dias normalmente retorna as suas atividades habituais. Recomenda-se alimentação líquida e pastosa, durante, aproximadamente 30 dias, pois o paciente não pode mastigar durante o período de cicatrização óssea.

Deixe um comentário

Sobre Nós

O Centro de Cirurgia Ortognática aplica técnicas para o tratamento de Cirurgia Ortognática e da ATM proporcionando assim aos seus pacientes qualidade de vida e o prazer de sorrir livremente.

Artigos Recentes

Siga-nos no Facebook

Agende sua consulta!
Deseja agendar uma consulta ou esclarecer alguma dúvida? Envie-nos sua mensagem preenchendo esse formulário

Inscreva-se em nossa Newsletter

Ao se inscrever, você receberá nossos conteúdos em primeira mão.